25/04/2017

25/04/2017

[Papo série/o] Desventuras em Série

Nenhum comentário: | |
Olá.
Hoje trago mais uma impressão, crítica ou seja lá como é chamado, de mais uma série que maratonei e se não me engano em um dia só. Uma série original da Netflix, com oito episódios na temporada.
 

Todos já ouviram falar do popular box de livros de Desventuras em Série, do autor Daniel Handler, narrado por Lemony Snicket que conta minuciosamente as desventuras dos irmãos Baudelaire, seja por intermédio do filme, dos próprios livros ou, recentemente, da série em si.

Irmãos Baudelaire e o narrador Lemony Snicket

Violet, Klaus e Sunny são crianças adoráveis e inteligentes, porém recebem a notícia  de que um terrível incêndio acaba destruindo a casa onde moravam com seus pais e, para completar a infelicidade, o casal Baudelaire estava dentro. Essas belas crianças passariam a viver com um tutor até que atingissem a idade certa para se apossarem da riqueza deixada pelos pais, porém não esperavam que um ambicioso velho os tentariam e estaria em suas colas até conseguir a fortuna.

A infelicidade, chamada de Conde Olaf, os persegue. Ele os tenta e se preciso elimina qualquer outro responsável legal que tutoria as crianças para tê-los na palma da mão. Porém Olaf não conta com a criatividade de Violet, a irmã mais velha que com o cabelo amarrado com fita é uma fonte de ideias geniais. A inteligência de Klaus e os dentes bem afiados e a coragem da garotinha Sunny.Assim como sofriam com Olaf, eram apresentados por alguém bondoso, pude perceber esse equilíbrio. 


Embora os personagens sejam crianças, é uma série pessimista que pode ser percebida apenas lendo o título. Ou então ouvindo o tema de abertura de casa episódio dizendo "É melhor não olhar". Somos avisados para não assistir, mudar de programa ou qualquer outra coisa pois a história dos irmãos acabaria com nosso dia. É uma série extremamente inteligente.

Em 2005 a série de livros ganhou uma adaptação cinematográfica para seus três primeiros livros que tinha como Conde Olaf o ator Jim Carrey. Assisti ao filme e confesso que se tornou um favorito - levando em conta que não li aos livros - e durante a série fiquei comparando os dois atores.


Cada livro é narrado em dois episódios, então esta primeira temporada aborda os quatro primeiros livros, sendo eles: Um mau começo, A sala dos répteis, O lago das Sanguessugas e Serraria Baixo-Astral. É uma produção e tanto! Cenarios, época e demais elementos são tão peculiares quanto a história dos órfãos Baudelaire. 

Já com a segunda temporada confirmada que contará com dez episódios finalizando a história dos cinco demais livros.  Por mais triste que seja o fim dos Baudelaire precisam ser contados.

13/04/2017

13/04/2017

[Resenha] O perdão de Pam - Jhonatan Almeida

16 comentários: | |

Você não leu o titulo errado, a resenha é sobre algo escrito por mim!

Desde os doze anos que me vejo preso em diversos livros e sendo conquistado cada vez mais pelo mundo literário. O blog mesmo é uma grande manifestação da minha admiração pela leitura, escrita e sonhos. 

Aproximadamente no final de 2016 - entre outubro e dezembro se não me engano - dediquei-me a escrever um conto, um romance, a ser avaliado por uma editora e participar de uma antologia. Devido as provas da faculdade não tive tempo hábil para terminá-lo, mas ao meu ver estava tão bom que não queria perde-lo. Foi então que lapidei para ganhar um outro foco e assim terminá-lo.

'O perdão de Pam' surgiu enquanto ia para a aula, entre 04h30 e 07h de uma manhã. Me sentia a Rachel de A garota no trem (alias, tenho resenha) ao andar por horas no transporte ferroviário e decidi expressar aquela experiência no conto. 

A história é narrada por Luca, um estudante universitário que se viu apaixonado por uma garota, de um outro curso, chamada Pâmela. Para ele todas as garotas tinham o mesmo formato, moldadas da mesma forma, mas foi ai que Pam se destacou.

Já vivendo como um casal e morando no mesmo apartamento, descobrem uma gravidez e em comum acordo levam adiante. Lila nasce e vira um orgulho para eles. Após quatro meses de vida de Lila acontece algo grave numa viagem de carro e que uma grande perca é vivida. Pam muda, passa a ser depressiva e o casal já não é mais o mesmo. 

"Paro para pensar nas tormentas que me rondam e nas soluções que posso dar a cada uma. Penso em todo o problema com a perda da Lila, penso que devo algo a Pam. Tento corrigir."

O que acontece e o desfecho você só saberá se ler. E para isso deixei muito facilitado o acesso ao conto. Ele está disponível tanto na Amazon quanto no wattpad para quem sentir vontade. Escrevi muito sobre drama, negativismo, a questão da perda e sobre a reviravolta em si. 


Estou escrevendo algo mais extenso sobre o conto, mais detalhado e se der certo teremos um livro. Encarei esse conto como um chute inicial a esse projeto. Você pode me incentivar comentando aqui sobre o que achou da premissa ou até mesmo se já leu. Espero seu retorno.
Abraços

11/04/2017

11/04/2017

[Primeiras Impressões] Lacrymosa - Juliana Daglio

18 comentários: | |



Título:  Lacrymosa
Idioma:  Português

Gênero: Fantasia dark
 Ano: -

Tipo de capa: Brochura
Páginas: -

Edição: 1
Autor: Juliana Daglio

Formato: Médio 
Editora: (Formato para divulgação)





 

06/04/2017

06/04/2017

[6 on 6] Abril e as diagramações

16 comentários: | |
Olá! 
Abril é o segundo mês que estou participando do 6 on 6 com outros seis blogs literários. Esse desafio consiste em postar seis fotos com um tema, que escolheremos antecipadamente, no dia 06 de cada mês. 

Edit1: Estou querendo desenvolver minhas habilidades com fotos, não está tudo mil maravilhas mas não custa tentar. 

 O tema do mês de abril: melhores diagramações da estante

Livro A Escolhida da autora nacional Amanda Aghata Costa

Frankestein ou o Prometeu Moderno - Marry Shelley
 
Como viver eternamente - Sally Nicholls



Antologia Demontale - Editora Arwen



Perdão, Leonard Peacock - Matthew Quick 

A noite do cristão morto-vivo - Matt Mikalatos

 Bom, estas são as minhas fotos para o projeto deste mês e gostaria de saber o que você achou delas. Grande abraço e até a próxima.

Participantes:

04/04/2017

04/04/2017

[Papo série/o] Os 13 porquês

Nenhum comentário: | |



13 Reasons Why é a nova serie da Netflix lançada no ultimo dia 31 de março. Baseada no livro de Jay Asher, Os 13 porquês (em português) a série conta com 13 episódios na primeira temporada. 

Clay Jensen (Dylan Minnette) percebe que a escola inteira fala de Hannah Baker (Katherine Langford) por ela ter se suicidado recentemente. Uns zombam, outros estão realmente comovidos, mas Clay sente-se incomodado com tudo. O garoto chega em casa e ali tem um pacote o esperando. Ele abre e nele encontra um mapa e  7 fitas cassetes contendo gravações da Hannah, põe para tocar e ouve sobre o paradeiro da Hannah.




Ele sai pela cidade ouvindo as fitas e relembrando de momentos que ela narrada em estéreo. Hannah tentava se encaixar - o ensino médio é sempre um problema na vida de adolescentes - só a desprezavam. Todos que receberam a fita são um dos motivos da atitude em tirar sua vida.



A série, assim como o  livro, serve de alerta para falarmos tudo que sentimos, onde às vezes conseguimos aliviar o sofrimento de uma pessoa e ajudá-las com seu problemas. Imagino que seja tema de grande importância, que com essa produção da Netflix o cuidado seja redobrado, as ajudas ampliadas e mais jovens possam se sentir confortáveis em se abrir com quem está para ajudá-los. O suicídio é motivo de maior morte entre os jovens no mundo e é disso que essa série trata.



A trama é riquíssima, traz diversos jovens com diversos problemas diferentes, assédio sexual também é um forte tema em 13RW.

Como uma série pode nos atingir com seu conteúdo e nos fazer de inútil? Esperei até às 04h de sexta-feira, quando a série foi lançada na netflix, para acompanhar pois já havia lido o livro e gostado do que o mesmo abordava. Terminei a série somente agora, estou absorvendo de forma lenta o que aconteceu. O tema tratado não é fácil de ser discutido, achei uma série maçante por esse motivo mas que me cativou. Existem inúmeros porquês por ai, fazendo pessoas como Hannah sofrer a ponto de tirar a própria vida e de forma reflexiva cada episódio vem como uma lâmina deslizando por nossos pulsos, assim como fez com Hannah Baker. Estou esmagado!


31/03/2017

31/03/2017

[Pré-venda] Porcelana: Rubrum Luna

2 comentários: | |

Está aberta a pré-venda do livro Porcelana da autora Géssica Marques lá no site da Young Editorial.  




 
Autora: Géssica Marques
Dimensões: 16x23
Páginas: 220
Categoria: Ficção/ Hot + 18
Preço: R$ 29,99

Sinopse: Nos corações dos habitantes de Centralia, vivem superstições que só poderiam existir em seus mais profundos pesadelos, ou na sombria floresta que cerca toda a cidade, um fato em que todos temem acreditar. Com a proximidade do Rubrum Luna, a cidade fica agitada com seus novos visitantes, que além de turistas, podem acabar fazendo parte do banquete principal. Com planos de assumir seu tão desejado lugar junto a corte dos vampiros, Violet Demons se depara com seu tenebroso passado, fazendo com que suas habilidades mais sombrias e poderosas venham tomar parte de sua personalidade.
Morte e luxúria não são suficientes para descrever os desejos de Violet.

 "Violet é uma personagem sexy, envolvente, forte e determinada. Tem tudo o que quer na palma da mão e não se deixa abalar por nada, ou pelo menos era o que ela pensava. Com uma brusca reviravolta na vida da personagem, a autora Géssica Marques nos mergulha em um mundo com seres místicos brigando pela dominação do nosso mundo. A única certeza que você terá lendo “Porcelana” é que a obra lhe fará soltar diversos suspiros de alegria, medo e de... Prazer." - Tabatha Cuzziol, Canal Floretizas